SELF

Desde seu nascimento, restaurante curitibano pensa na sustentabilidade

Há anos, o grupo Velho Oriente visa criar uma marca referência não apenas em gastronomia, mas com uma história sustentável. Assim nasceu o Mezmiz, um restaurante que, além de marcar o roteiro gastronômico da cidade, foi totalmente pensado para trazer ao mercado um conceito de sustentabilidade. 

“A ideia do consumo consciente sempre esteve no DNA da empresa e quando olhamos para os acontecimentos e estatísticas do planeta, tivemos ainda mais certeza de que esse é o caminho”, diz Vaneska Berçani, sócia-proprietária do restaurante. 

(Foto: divulgação | Mezmiz)

Baseado nas melhores estratégias, desde a minimização da geração de resíduos, do reaproveitamento dos materiais já existentes e eficiência energética, o projeto desenvolvido em parceria com a MG2 Arquitetura, traz soluções sustentáveis que fazem a diferença.  “Ao realizar pequenos gestos estamos ajudando o meio ambiente e o planeta. É uma troca de mão dupla”, complementa. 

Como funciona a gestão de resíduos no Mezmiz:

  • Meta do lixo zero – com foco na busca pela redução de lixo destinado ao aterro sanitário vários projetos e parcerias foram realizados, dentre eles uma pesquisa de embalagens que possam ser reutilizáveis aumentando o ciclo de vida destes materiais e a busca por embalagens que possam ser recicladas e que tenham valor na cadeia, e que, ao final de seu ciclo, causem menos impacto ambiental – a meta é cada vez reduzir o uso de plásticos em nossas embalagens, chegando a zero. Já está em elaboração uma linha de papel para os pratos quentes. 
  • Logística reversa – com o objetivo de mitigar o impacto de nossas embalagens no meio ambiente, fomentar a cadeia de reciclagem no Brasil e cumprir com a Política Nacional de Resíduos Sólidos (Lei 12.305/10), tomamos a iniciativa de co-financiar a coleta, triagem e reinserção em um novo ciclo produtivo de um volume de plástico equivalente ao que compõe nossas embalagens. Através desta ação de compensação, remuneramos as cooperativas de catadores de materiais recicláveis. “Reciclamos 100% das embalagens utilizadas, evitando assim a emissão de 1,65 toneladas de CO2 equivalentes”, explica Vaneska. Através de uma parceria com a empresa Pólen Resíduos, o Mezmiz recebe a certificação ambiental que garante e comprova que a logística reversa é realizada em 100% das embalagens comercializadas pela marca.  
  • Parceria com a empresa Composta+ destinando todo o resíduo orgânico produzido no restaurante para a compostagem.
(Foto: divulgação | Mezmiz)

 Outro tópico importante ressaltar é a construção sustentável do restaurante:

Projeto com grandes janelas que permitem ventilação constante e aproveitamento da luz natural, dispensando o uso de energia elétrica na maior parte do tempo de funcionamento.

Sistema de captação de água da chuva para utilização em todas as fontes não potáveis do restaurante como nas descargas dos vasos sanitários dos banheiros de clientes e colaboradores, na limpeza e manutenção de algumas áreas do restaurante e para a rega das plantas. 

Uso de telhado termoacústico com telhas especiais proporcionando o isolamento térmico e acústico do espaço, possibilitando o conforto térmico do ambiente com o uso reduzido de climatização. “Desde nossa inauguração o sistema de ar-condicionado foi utilizado em períodos mínimos, mesmo com vários dias com temperaturas altas”, comenta Vaneska.

 Outro ponto forte do projeto foi a preocupação com a qualidade do ar dos ambientes. Em uma época em que o cuidado com o espaçamento entre pessoas e a qualidade do ar são tão necessários, o Mezmiz chega com essa tranquilidade a mais para os clientes. “Para isto utiliza-se um sistema de ventilação dotado de filtros para o ar captado no insuflamento e sistema de exaustão retirando ar dos ambientes permitindo a renovação constante do ar.” Somado a isso dispõe ainda de um aparelho esterilizador de ar, utilizando UV e Ozônio, que ajudam na limpeza do ar eliminando odores, fungos, bactérias e neutralizando microrganismos.

Além disso, o sistema de ar-condicionado utiliza equipamentos com as tecnologias mais eficientes de mercado. “Um projeto moderno e mais eficiente, dentro do custo disponível para a obra e com o menor impacto ambiental possível”. 

“Com isso o resultado é de um restaurante que consome menos água e menos energia e ainda possui conforto térmico e ambiental. Com certeza temos muito orgulho em dizer que o Mezmiz está alinhado com as melhores práticas quando trata-se de sustentabilidade e eficiência energética em restaurantes”, finaliza orgulhosa a empresária. 

“Nossa principal meta é espalhar esta cultura de sustentabilidade, por isto temos um programa constante de treinamento de nossa equipe e colocamos em todos os nossos materiais impressos e mídias sociais para mostrar que atitudes simples e cotidianas podem contribuir para o processo. Não podemos sentar e esperar que ‘alguma coisa ou alguém’ resolva os problemas do lixo no mundo, consumo consciente de água e energia. Nós podemos fazer isto. É só começar”, finaliza a empresária.

 

Deixe um comentário