SELF

ECMO: conheça a técnica que está sendo usada no ator Paulo Gustavo

O ator Paulo Gustavo está sendo submetido a esse procedimento para tratamento de um caso grave de COVID-19

Muitas pessoas têm se perguntado o que é ECMO desde que foi noticiado que o ator Paulo Gustavo está sendo submetido a esse procedimento para tratamento de um caso grave de COVID-19. Segundo a infectologista do Hospital São Vicente Curitiba, Dra. Vanessa Strelow (CRM 31201 / RQE 2857), ECMO quer dizer oxigenação por membrana extracorpórea. É um “pulmão artificial” (e também funciona como um coração artificial), e faz a oxigenação do sangue quando o pulmão não está funcionando corretamente. “É parecido com o que uma máquina de diálise faz para rins que não funcionam adequadamente: um aparelho que está fora do corpo e desempenha a função de um órgão vital”, explica a especialista.

Na ECMO o sangue é retirado do corpo por uma veia e passa pela membrana de oxigenação extracorpórea. Essa membrana elimina o gás carbônico e fornece o oxigênio, e depois o sangue é injetado novamente no paciente.

É importante dizer que a terapia é bastante complexa e não é milagrosa e, em geral, é utilizada em casos muito graves, nos quais apenas a ventilação mecânica não está proporcionando uma boa oxigenação. Além disso, como qualquer procedimento invasivo, acarreta alguns riscos, como sangramento.

“É uma possibilidade de manter a oxigenação adequada do sangue enquanto os pulmões se recuperam em alguns casos graves de COVID-19. Pode, portanto, auxiliar na recuperação desses pacientes. No entanto, essa técnica é bastante cara e pouco disponível”, complementa a infectologista.

Deixe um comentário